Domingo, 4 de Novembro de 2007
...a melhor canção de entre todas as Canções de Amor, cuja banda sonora original recebi hoje em casa pelo correio. Tive que a encomendar pela internet através da Amazon porque, pasme-se, nas lojas portuguesas o disco não está à venda e já esteve mas foi na altura da estreia mundial, o que significa que foi há meses atrás quando ainda quase ninguém sabia da sua existência. Porém, descobri que não se perde nada em comprar via on-line, pois, o custo total da encomenda (com os portes de envio) foi de apenas EUR 14,58!

Vou deixar aqui a letra da última canção do disco - J'ai cru entendre - a canção que encerra o filme com o par amoroso emergente. Os protagonistas deste diálogo são Ismaël e Erwann, interpretados pelos actores Louis Garrel e Grégoire Leprince-Ringuet, respectivamente. Este belo jovem bretão ama incondicionalmente aquele velho, viúvo, sectário, pobre e imbecil secretário, que queria apenas um corpo. Só tenho pena de não encontrar os videos na internet porque as canções em cena têm mais força.



Ismaël
Mon petit, depuis ce matin
J'ai traîné comme un crétin
Au niveau du caniveau
De Montparnasse à Château d'eau
J'ai bu des verres, des verres et puis des verres
Zubrowska, Riesling, Pipper
À court de tout, à bout de moi
Je suis revenu chez toi

Moi je voulais juste un corps
Je cherchais seulement des bras
Un lit de réconfort
Des délices sous les draps
Mais hélas au lieu de ça

J'ai cru entendre je t'aime
J'ai pensé c'est son problème
J'ai cru entendre je t'aime
J'ai pensé c'est son problème

Peu importe que tu y croies
Peu importe que je sois
À bout de moi, à court de tout
Mais pas de ça entre nous

Erwann
Être un corps, je suis d'accord
T'offrir mes bras pourquoi pas
Mon lit, Ok encore
Pour rire en salir les draps
Mais je crains que pour tout ça

Tu doives entendre je t'aime
Tu doives entendre je t'aime

Ismaël
Je suis vieux, veuf et sectaire
Un pauvre imbécile secrétaire
Erwann
Je suis beau, jeune et breton
Je sens la pluie, l'océan et les crêpes au citron
Ismaël
Tais-toi un peu, petit trésor
Erwann
Tu as tout faux, une fois encore
Suis très précieux, épargne-moi
Ismaël
D'accord mais entre nous pas de ça

Erwann
Être un corps je suis d'accord
Ismaël
Je cherchais seulement des bras
Erwann
Mon lit, Ok encore
Ismaël
Des délices sous les draps
Erwann
Mais je crains que pour tout ça
Tu doives entendre...


publicado por garçon às 21:54 | link do post | comentar | favorito

5 comentários:
De Mr Fights a 5 de Novembro de 2007 às 22:43
tão musical que ele anda :D

eu também que queixo mo mesmo mal... faltam vídeos disponíveis das canções


De Luís V a 8 de Novembro de 2007 às 20:42
Agora já me podes "devolver" o cd que te gravei...


De rifa a 9 de Novembro de 2007 às 00:55
luís v- claro, quando quiseres. pode ser já este fim-de-semana :D


De ZEP a 15 de Novembro de 2007 às 21:22
saí agora do filme. é realmente excelente. em todas as musicas lembrava-me de uma cantora, Barbara.

A musica do genérico final é dela. Ce Matin-La
Deverias espreitar o seu repertório. Muitas encontras no youtube. Deves gostar

espreita esta:
http://www.youtube.com/watch?v=VblAfsjKIWQ


De rifa a 15 de Novembro de 2007 às 23:28
ZEP:
nao conhecia essa artista. espreitei a canção que disseste e achei-a tão bonita.
a letra, a música e ela própria são de uma beleza ultra-romântica parisiense, não é?... :D
Gosto muito da canção francesa, com acordeão, adoro acordeão, tem graça que nem reparei quando ouvi e agora os únicos sons que recordo são os do acordeão e da voz.
thx
PS- só um à parte, de repente ela faz-me lembrar a Meryl Streep :D


Comentar post

mais sobre mim
links
Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

29
30


posts recentes

Génova

Escrito num WC público

Jacqueline Du Pré Encanto...

Polícia emancipada/o

MpI - Eu sou o 63º subscr...

Bossa, Elis, 1965, Ecolog...

O Enterro de Sidney Beche...

As palavras são como as.....

Foi Jazz - Sidney Bechet

É Jazz - Joel Xavier "Sar...

arquivos

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

tags

acesso ao casamento

bem disposto

clássicos

coisas de contar

conta como podia ser

contra-buplicidade

dança

desafio

desliguem os telemóveis.

direitos assertivos

direitos humanos

é o drama

flores

hobbies

igualdade

jazz

jazz foi

jazz fresquinho

mundo engraçado

mundo feio

o virar da página

objectivamente (fotografia)

olha pra mim

pessoas

poesia

ponto de escuta

prosa

quem sabe...

sweet sadness

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds